Ocorreu um erro neste gadget

BEM-VINDOS!

"Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-los com boas palavras."( W. Shakespeare)
"As boas ideias não têm idade, apenas têm futuro." (Robert Mallet )
SENDO ASSIM, COMPARTILHEM SUAS IDEIAS ... E SEJAM
BEM-VINDOS!

terça-feira, 2 de outubro de 2012

PROFESSOR

o corpo e a educação


Didática

Educação paraJosé Carlos Libaneo

O magistério se caracteriza nas atividades de ensino das matérias escolares criando uma relação recíproca entre a atividade do professor (ensino) e a atividade de estudo dos alunos (aprendizagem) criar esta unidade entre ensino e aprendizagem é o papel fundamental dos processos de ensino na escola, pois as relações entre alunos, professores e matérias são dinâmicas. A aprendizagem está presente em qualquer atividade seja casual ou especifica, podemos aprender de diversas formas, tanto em atividades casuais, quanto na escola. Está claro que o acúmulo de informações advindas de cursos, seminários etc. não tem sido eficazes em levar o professor a refletir e consequentemente renovar sua prática, este esquema tradicional de formação do magistério encara o professor como alguém que tem pouco a dar, mas que por outro lado tem muito o que aprender. A suposição é que a interferência em sua formação prévia garantirá por si só a atuação afetiva em sala de aula e, só assim, garantirá ao aluno uma aprendizagem mais significativa. È muito importante que o professor saiba planejar suas aulas para que as mesmas tornem-se mais dinâmicas e divertidas.
Segundo( Libâneo p.222) “A ação de planejar, portanto se reduz ao simples preenchimento de formulários para controle administrativo; é, antes, a atividade consciente  de previsão das ações docentes fundamentadas em opções político pedagógicos, e tendo como referência permanente as situações didáticas concretas (isto é, a problemática social econômica, política e cultural que envolve a escola, os professores, os alunos, os pais e a comunidade, que interagem no processo de ensino.”

Técnicas e Material de Alfabetização

Paulo Freire

      Codificações, palavras geradoras, cartazes com as famílias fonêmicas, quadros ou fichas de descoberta e material complementar estão presentes na sua pedagogia.
      Na pedagogia de Paulo Freire há uma equipe de profissionais e elementos da comunidade que se vai alfabetizar, para preparação do material, obedecendo os seguintes passos:
          a. levantar o pensamento-linguagem a partir da realidade concreta;
          b. elaborar codificações específicas para cada comunidade, a fim de perceber aquela realidade e,
          c. dessa realidade destaca-se e escolhe as palavras geradoras.

http://www.pedagogiaemfoco.pro.br/per01.htm

PROFESSOR

O futuro do ser humano começa com o professor